Redes Sociais em 2017 – Esteja à Frente da Concorrência

Início/Redes Sociais/Redes Sociais em 2017 – Esteja à Frente da Concorrência

Redes Sociais em 2017 – Esteja à Frente da Concorrência

2016 veio consolidar a tendência dos últimos anos da importância e presença das redes sociais na vida das pessoas e empresas, por isso aproveitamos este momento para partilhar algumas das tendências e melhores práticas para 2017:

 

  • Incorporar vídeo Live-streaming

O Live-streaming entrou de rompante nas principais plataformas de redes socais e continuará a ser uma área de desenvolvimento para empresas e organizações.
O conteúdo de vídeo ao vivo funciona bem quando usado para:
· Introduzir novos produtos e serviços com uma demonstração
· Fornecer tutoriais sobre produtos e serviços complexos
· Mostrar em tempo real as reacções e depoimentos relacionados com um evento.
· Mostrar os bastidores ou imagens exclusivas de uma empresa ou evento
· Destacar a cultura de uma organização

Será expetável ver cada vez mais especialistas de várias empresas a experimentarem Live-streaming através do Facebook, Instagram, Snapchat ou Periscópio. O Facebook prevê que a maioria do conteúdo criado para a sua plataforma será conteúdo baseado em vídeo dentro de poucos anos.

live-streaming

 

  • As organizações e empresas deverão manter e solidificar sua presença atual no Facebook, Instagram e LinkedIn.

Como descrido no início deste artigo, a consolidação das plataformas de redes sociais vai intensificar-se em 2017. É previsível que a proliferação de novas plataformas de redes sociais diminua. Neste momento a maioria das aplicações mais populares pertencem a um só grupo, o Facebook detém 5 das 10 aplicações mais populares: Facebook, Instagram, Facebook Messenger, What’sApp e Facebook Groups, e tem em carteira outro conjunto de aplicações cujo objetivo é facilitar e gerir a nossa presença digital.

Após a sua aquisição pela Microsoft, o LinkedIn está posicionado para se tornar a principal referência digital da nossa vida profissional.

 

  • Aumento de investimento publicitário nas redes sociais

Os orçamentos de marketing serão ajustados para transferir mais investimento para remarketing e publicidade nas redes sociais. Com a melhoria dos algoritmos de segmentação e acesso a dados de terceiros; o Facebook, Instagram, LinkedIn e também o Snapchat serão as principais plataformas de publicidade paga nas redes sociais pelas empresas. A inclusão de anúncios baseados na localização por meio dos smartphones será também uma tendência crescente.

 

  • Aumento do uso de mensagens interativas para apoiar o serviço ao cliente e expandir as oportunidades de negócio.

As relações entre pessoas nas redes sociais estão em constante mudança, as pessoas estão mais interessadas em se comunicar com os amigos e colegas e colegas de trabalho em canais mais privados. As plataformas de redes sociais mais populares estão a melhor as opções para a comunicação de grupos mais pequenos e privados. Muitos sites já oferecem a função de mensagens dentro dos sites permitindo às empresas a oportunidade de comunicar com os clientes e resolver problemas mais rapidamente com o uso de chatbots.  Será de prever que o Facebook, Twitter e LinkedIn  entre outros, desenvolvam ainda mais essas funcionalidades, permitindo também a oportunidades de publicidade através destas ferramentas.

  • Aumentar e recompensar a sua base de fãs orgânicos.

Não existe melhor promotor de uma marca que um fã, as marcas cada vez mais percebem e conseguem valorizar o poder da autenticidade que as mensagens e partilhas destes têm na rede de contactos.

Numa altura em que as empresas cada vez mais recorrem aos influenciadores para promoverem as suas marcas nas redes sociais, não devem esquecer os seus seguidores, os consumidores por muito que sejam impactados pelas celebridades como os youtubers ou bloggers, estarão sempre mais recetivos as sugestões e mensagens dos amigos íntimos e familiares. Portanto, convém integrar nos seus planos de marketing um orçamento para recompensar estes fãs e dar-lhes ferramentas e conteúdos para continuarem a promover a sua marca.

About the Author:

Deixe o seu comentário